quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Confraternização Lance de Craque!



O grande idealizador e responsável pelo Lance de Craque, Andrés D’Alessandro, recebeu parceiros, apoiadores, patrocinadores, beneficiados e convidados especiais para uma confraternização, na noite desta terça-feira. O encontro no Hotel Laghetto Viverone Moinhos serviu para aumentar os laços dos envolvidos no jogo beneficente, que ocorre dia 27 de dezembro, às 17h, no Beira-Rio. O prefeito José Fortunati também marcou presença para manifestar seu apoio ao evento.

O camisa 10 e capitão do Internacional recebeu representantes das instituições, apoiadores do projeto, jornalistas, amigos e convidados em geral para fortificar as relações que fazem o Lance de Craque ser mais do que apenas uma ideia e vire ajuda para as crianças gaúchas.

– Sempre achei que precisava retribuir o que ganhei. Agradeço à presença de todos aqui hoje, nossos apoiadores, ao prefeito, para que a gente consiga colocar em prática este evento – destaca o argentino.

O prefeito José Fortunati foi chamado pelo gringo também para dizer algumas palavras e enalteceu a atitude nobre do argentino, em uma ajuda direta para a sociedade gaúcha. A intenção é que o Lance de Craque seja um evento fixo no calendário da cidade.

– É uma iniciativa fantástica que nos dá a chance de ajudar cinco instituições. Ao D’Ale meu maior reconhimento como prefeito. A cidade e o Estado só podem te agradecer por este gesto de grandeza. Já és “gaucho” e porto-alegrense, mas tuas raízes ficarão mais fortes agora – elogia o prefeito José Fortunati.

O Lance de Craque irá beneficiar cinco instituições que focam na ajuda às crianças: AACD, Pão dos Pobres, Educandário São João Batista, Casa Aberta e Centro Social Padre Pedro Leonardi. Toda a renda do evento será revertida para dar uma vida melhor aos beneficiados pelas organizações.

Os ingressos estão à venda pela internet, no site ingresso.com, e na Central de Atendimento ao Sócio (de segunda à sexta das 9h às 18h e sábados das 9h às 13h) e nas bilheterias do Estádio Beira-Rio, em dias de jogos e de venda de ingressos para partidas do Internacional. Arquibancada inferior custa R$ 40, superior, R$ 20 e skyboxes, R$ 180.

Já são mais de 30 nomes nacionais e internacionais confirmados para o evento. Os técnicos serão Dunga e Jorge Sampaoli. Taison, Diego Milito, Barcos, Javier Zanetti, Lugano, Leonardo Moura, Ruben Paz, Francescoli, Bolívar, Alex, Guiñazú, Heinze, Aimar, Nilmar, Rafael Moura, Fernando Prass, Romagnoli, Ramón Díaz, Mancini, Magrão, Coudet, Renan, Rafael Sobis, Fábio Santos, Aránguiz, Cavenaghi, Ayala, Hernán Díaz e Gustavo Endres compõem a lista de convidados até o momento.





terça-feira, 25 de novembro de 2014

Lance de Craque de D'Alessandro:Um gol pelas crianças!!

video

Lance de Craque – Um Gol Pelas Crianças é mais que uma uma partida de futebol beneficente, é um abraço carinhoso de todos nós a quem precisa de nossa ajuda! Esse abraço tem dia e hora marcado: Será realizado no dia 27 de dezembro no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre as 17horas. Parte da renda será dividida entre cinco instituições que dedicam seus esforços na construção de um cenário melhor para crianças e adolescentes que se encontram em situações diversas de vulnerabilidade: AACD, Pão dos Pobres, Educandário São João Batista e Centro Social Padre Pedro Leonardi, em Porto Alegre, e Casa Aberta, em São Leopoldo.


O projeto é a realização de um sonho de D'Alessandro,nosso Capitão Colorado que sempre quis retribuir à sociedade as oportunidades positivas que o futebol lhe proporcionou bem como iniciar uma onda do bem, que com certeza fará desse projeto o primeiro de muitos!

Atletas de vários países da América Latina já confirmaram presença e estarão na capital gaúcha no final do ano em nome de uma causa nobre: Guiñazu, Taison, Coudet, Diego Milito, Rubens Paz, Ayala, Lugano, Francescoli, Barcos, Renan, Hernán Diaz, Rafael Sóbis, Clemer, Dunga, Sampaoli, Léo Moura, Charles Aranguiz, Zanetti e muitos mais!!


Aproveite final de ano, Natal!! Presenteie um amigo, alguém da família, Colorado, Gremista...Outra sugestão: Você empresário, compre e sorteie na sua festa de Fim de Ano da Empresa!! Estará fazendo a diferença e ajudando quem precisa!!

Preços : 40,00 a Arquibancada Inferior e 20,00 Arquibancada Superior

Ingressos limitado a 4 por RG!!

O evento terá transmissão da ESPN para toda América Latina e Oceania.

Ingressos estão a venda nas bilheterias do Gigantinho em dias de jogos. No CAS do Beira Rio, em dia de semana, horário das 9:00 as 18:00, aos sábados das 9:00 as 13:00 e no site Ingresso.com/eventos (clique aqui e vá direto!)

Importante: No site Ingresso.com procure por EVENTO, não jogo.


Deixe aqui suas duvidas,e perguntas! A gente vai tentar responder a todas as duvidas!

Quer saber mais?? Clique nos Links!!


Venda de Ingressos das SkyBox para o Jogo Beneficente!


Diego Milito reforça o time de Craques!


D'Alessandro apresenta o projeto Lance de Craque para a Gerdau

Saiba tudo aqui!!

Site: Lance de Craque!


Face: https://www.facebook.com/lancedecraque2014?fref=ts


Twitter: https://twitter.com/lancedecraque14



terça-feira, 18 de novembro de 2014

O Nosso Argentino, por Thedy Corrêa, via Blog Alambrado Colorado


O NOSSO ARGENTINO
POSTADO POR THEDY CORRÊA - 18/11/2014



Ele está no Internacional desde 2008 e assinou uma renovação até 2017, um caso raro de permanência de um atleta em clube – principalmente no Brasil. Ele é competitivo. Segundo seu ex-treinador, Dunga, não gosta de perder nem rachão de treino. Ele é sanguíneo – expressão que me parece um tanto tola, afinal sangue, todos nós, os vivos, temos correndo nas veias – o que significa que tem emoções. Ele chora em público. Não esconde suas emoções e as escancara para quem tiver capacidade de entendê-las. Chorou quando foi campeão pela Libertadores em 2010. (http://www.youtube.com/watch?v=dzo9kirogZQ) Chorou quando ganhou o prêmio de melhor jogador estrangeiro do Brasileirão 2013. (http://jbfilhoreporter.final.com.br/2014/03/14/dalessandro-chora-ao-lembrar-do-comeco-no-inter-em-2008/) Chorou na decisão da Taça Farroupilha 2013, onde errou um penalti. ( http://espn.uol.com.br/noticia/327532_quase-vilao-dalessandro-chora-e-diz-que-inter-mereceu-titulo). Chorou quando marcou um golaço de falta contra o Peñarol na reinauguração do Beira-Rio. A foto que ilustra esse post é desse momento. Ele chorou depois do gol fantástico de Paulão, no domingo. Chorou e desabafou, ao dizer “a gente passou por muita coisa”. Assim como Alex, após o jogo contra o Fluminense, chorou e desabafou no mesmo tom.
A cobrança sobre o nosso argentino existe, afinal ele é o capitão e líder desse time colorado. A cobrança da imprensa, da torcida, dos dirigentes, técnicos, dos colegas… Mas nenhuma cobrança é maior do que a que ele mesmo faz.
Os tempos de expulsões e ataques de raiva que prejudicaram o time – como na final da Copa do Brasil, contra o Corinthians – já se foram. Ele mesmo reconheceu que precisava que melhorar nesse aspecto. Melhorou. Virou o capitão, mas segue combativo. Não assiste passivamente a conduta dos árbitros, colegas e adversários. Ele fala. Participa. Interfere. Mesmo quando não faz uma grande partida, ele é o centro das atenções. Ele chora. Esbraveja. Luta. Ele tem mais que apenas sangue nas veias – seria uma redução míope de um jogador diferenciado. O nosso argentino tem cérebro, inteligência, sagacidade e uma capacidade de leitura de uma situação que o cerca, acima da média. Por isso ele é quem é. Não se trata de “apenas” ser um guerreiro em campo – um tipo de jogador que muitos clubes sonham em ter – mas de um atleta de capacidade intelectual que o diferencia além do domínio da bola. Ele chorou depois do gol de Paulão, no domingo e provou que nem todo o jogador está ali “apenas pelo dinheiro”. Aliás, ele tem mais que provado isso, ele tem transformado esse comportamento em sua marca regsitrada: qualidade e técnica aliadas a um componente emocional difenrenciado. Ele chegou ao Inter e mais do que vestir a camiseta, ele a incorporou. É essa inteligência & emoção que faz com que a rotina do clube, dos jogos e, principalmente, das derrotas tenha um impacto diferente no nosso argentino. Ele se importa. Ele sofre com a derrota. Vibra e se emociona com a vitória de uma maneira que causa inveja em muitos torcedores que esperavam igual grau de envolvimento nos atletas que vestem a camiseta de seus respectivos clubes. Alguns zombam dessa sua maneira de ser, mas no fundo o admiram. Alguns debocham de suas demonstrações de emoção, mas no fundo o invejam. Alguns pretendem reduzir seu choro a uma causa específica, quando o choro de D’alessandro é o conjunto de sua obra. O choro da frustração pelo vice-campeonato (http://topicos.estadao.com.br/fotos-sobre-dalessandro/dalessandro-chora-apos-conquista-do-titulo-pelo-flamengo,2FB89083-0CCD-4EA3-827A-8452988A9B23 ) tem a mesma razão do choro da conquista da Libertadores. Ele é assim. O nosso argentino chora, briga, luta, chora, vence, conquista, chora, protesta, se indiguina, se revolta, chora…e assim deve ser até o dia em que pendurar as chuteiras. D’alessandro chorou no domingo, depois do gol fantástico de Paulão. Como todo artista, ele se emocionou ao presenciar uma obra de arte. Esse é o nosso argentino.

Fonte: http://alambradocolorado.com.br/?p=640





segunda-feira, 17 de novembro de 2014

D'Ale: O choro e o alivio Por Franciely Mota

O choro, o alívio...

Chorar é o recurso que nosso corpo, mas especificamente nosso sistema nervoso tem para extravasar as emoções, sejam elas boas ou ruins...

Chorar durante muito tempo foi considera uma atitude feminina. Porém, com o passar dos anos a sociedade foi percebendo que chorar é nada mais é que demonstrar um sentimento de amor ou ódio, de paixão ou ira, de alívio; dor e alegria!



D’Alessandro fez exatamente isso quando despencou no gramado do Beira Rio: extravasou em lágrimas o cansaço, a dor, a alegria, a paixão, o amor por nos representar e honrar o manto sagrado.

Meu Capitão... Quando vi você ali no gramado, além da alegria do gol, também senti um alívio tremendo... Aquele jogo estava tenso, a defesa do Goiás estava forte, nossos chutes eram diretos nas mãos do Renan e ele não deixava passar uma... Não foi o melhor jogo, o corpo cansado, machucado, a cabeça borbulhando, mas os tão preciosos três pontos vieram mais uma vez sob sua liderança, empenho, garra e lucidez.

Não importa o que a mídia, os ditos entendidos em futebol possam falar sobre você, sua atitude e seu choro... D’Alessandro você é peça importante nesta reta final do campeonato, dentro e fora das quatro linhas. Você tem uma nação Alvirrubra a representar da maneira que você tão bem sabe fazer: com confiança, entusiasmo e fé!

Obrigada Maestro, o meu domingo e de milhares de Colorados terminou feliz, com sorriso largo e de volta ao G4! Até sábado para mais uma batalha... Meu Guerreiro!



D'Ale: O Choro do Mito Por Carina Regina

O Choro do Mito!Ontem na vitória do Inter 1x0 contra o Goiás, D'Ale proporcionou uma das cenas mais emocionantes no golaço de bicicleta de Paulão, em jogada de cobrança de escanteio batido pelo gringo o jogador do Goiás cabeceou pra trás e sobrou para Paulão fazer.  Na comemoração do belo gol alguns jogadores correram em direção do Paulão, mas uma cena chamou a atenção das câmeras D'Ale ajoelhado em campo chorando, quando vi a imagem do meu ídolo também cai no choro, pois quem conhece o D'Ale sabe que naquele momento passou vários sentimentos por sua cabeça, da derrota do GreNal, do jogo do SP que teve de ficar de fora, pois sabemos que D'Ale é entrega, raça, paixão, coração um mar de sentimentos. Não estive no Gigante hoje, mas pela TV vi muita vontade do Maestro que teve que jogar sozinho no meio de campo, foi dos seus pés que saíram a poucas chances de gol que o Inter teve, com cruzamentos perfeitos para seus companheiros fazerem gol e também com suas jogadas individuais, vi um D'Ale  sempre correndo, tentando ajudar e quando uma jogada não saia bem via uma cobrança consigo mesmo, não foi um jogo como gostaríamos mas meu Maestro  me emociona a cada reação em campo.Depois que acabou o jogo a reportagem foi até o D'Ale perguntar o porquê do choro na hora do gol, ele falou que era por tudo que tinha acontecido com o grupo durante a última semana, das lesões que o grupo teve na semana e durante o jogo, do esforço que o grupo esta fazendo para conquistar esta vaga pra libertadores, mas também notei que foi um choro pela derrota que tivemos no greNal, pois D'Ale não esta acostumado com o que aconteceu, mais ainda pelo desrespeito que teve um jogadorzinho do nosso co irmão. Mas D'Ale não precisa fazer gracinha para ser ídolo, nosso Maestro é a torcida dentro de campo, ele honra e ama nossa camisa.Vou ser sincera é difícil ter palavras para descrever D'Alessandro,só sei que agradeço muito por ter ele no meu Internacional e por ter ele como ídolo.Obrigada por tudo és sem dúvidas o melhor jogador que eu vi com a camisa do meu Colorado.



sábado, 15 de novembro de 2014

D'Ale em forma!!




A respeito dos comentários sobre D'Ale ser poupado quarta: D'Ale tem esse ano atuado mais que qualquer outro pelo Inter e é perfeitamente normal que em fim de temporada ele sinta mais desgaste físico. Claro que entendo e também gostaria de vê-lo voando em todos os jogos, mas é humanamente impossível não sentir. Sobre o jogo de quarta passada então nem se fala. O desgaste físico e emocional foi sentido e a definição de que não viajaria ao meu ver foi a decisão mais acertada. GreNal sempre foi um embate dos mais estafantes, ainda mais para nosso Capitão que vive o Clássico dias antes e a derrota ainda agrava a situação nos dias posteriores, e vale lembrar que ele teria UMA semana, assim cm o time todo, para se recuperar e por CULPA da CBF tivemos viagem e jogo adiantados em favor dos são paulinos! Tenho certeza que nessa sequência de 3 jogos em casa poderemos ver nosso Maestro em sua melhor forma! Contamos com ele e ele não nos decepcionara! Acredito que sua meta é nos manter no G4.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

D'Ale e Ruiz, O Aprendiz de feiticeiro! Por Carina Regina



Alan Ruiz uma piada!

Vou tentar falar deste jogador, para falar a verdade nem tinha escutado falar neste cara antes dele vir para o co irmão sendo assim, tive muito trabalho para achar algo que fale da história dele no futebol, vocês acreditam que nem no site do clube consegui? Pois bem para querer se comparar a D'Alessandro fui obrigada a pesquisar o passado de Alan. Vamos a ele então:Começou sua vida no futebol em 2007 no clube Gimnasia y Esgrima ficando até 2011 e em 2012 se transferiu para o San Lorenzo onde atuou em 34 jogos marcando apenas 3 gols e também teve uma passagem pela Seleção Argentina sub-20 e sub-23 totalizando 11 partidas com apenas um gol marcado. Também fui pesquisar os títulos, pois como a mídia gosta de falar, craque tem que ter títulos, e para minha surpresa o menino tem um título. Primeira Divisão da Argentina 2013 deve ter sido aí que ele despertou o interesse do nosso co irmão pois quando viram a palavra Primeira Divisão eles devem ter pensado, é um vitorioso. Pois bem agora ele esta emprestado ao grêmio, interessante é que o São Lorenzo não ficou com o tal craque para disputar a Libertadores e também não está pensando em pegar o jogador de volta, já que o São Lorenzo tem um Mundial para jogar no fim do ano. Estranho. No co irmão são 27 jogos e 9 gols contando com os dois que ele marcou no greNal e só por isso ele subiu num salto 15 e mostrou já dentro de campo que esta longe de ser craque, pois faltou com respeito ao Inter na comemoração do gol.

Alan Ruiz tem muito que aprender no futebol, pois se ele não sabe Junior Viçosa já fez gol em greNal e a torcida achou que ali estava surgindo um ídolo, mas pelo contrário este jogador desapareceu foi emprestado. Se comparado a Viçosa, quem sabe Ruiz possa ser considerado um craque, porque querer se comparar a D'Alessandro este guri só pode estar de brincadeira pois D'Ale é anos luz mais jogador que este moleque, nosso Maestro tem uma carreira brilhante e uma fantástica história no futebol. D'Ale tem campeonato Argentino:2000,2002 e 2003 Clausura. Conquistados pelo River Plate onde foi ídolo. Também conquistou 2 títulos importantes pela seleção Argentina. Mundial Sub-20 (20001) e Jogos Olímpicos (2004) onde conquistou o ouro. D'Ale também foi Capitão tanto pelo River como pela Seleção. Já só com estas conquistas o Alan Ruiz tinha que ter vergonha na cara em desrespeitar D'Alessandro, pois nosso gringo já no seu primeiro meio ano 2008 de Inter conquistou a Copa Sul-Americana título inédito conquistado por um time Brasileiro e D'Ale foi protagonista do time, ele também conquistou o sonhado título da Libertadores da América 2010 que faltava na sua carreira, D'Ale foi uma das maiores contratações da história do Internacional e em 6 anos de clube o gringo pelo menos conquistou um título por ano contando com os títulos do Gauchão, e desde que o D'Ale chegou no Inter ele nunca perdeu um título para o nosso rival, isso quando eles chegaram ao final da  disputa.

Sendo assim só com este histórico do nosso Maestro em relação de títulos já destrói qualquer comparação de Ruiz , isso que nem falei das conquistas individuais do nosso ídolo que foram:  Bola de Prata da copa do Mundo da FIFA Sub-20 (2001),Seleção Ideal das Américas (2001,2002,2008 e 2010), Melhor jogador das Américas (2010),Bola de Bronze do Mundial de clubes da FIFA (2010) e Troféu EFE do Campeonato Brasileiro (2013). D'Ale é Ídolo na Argentina onde a torcida do River venera e ainda sonham em ver nosso capitão encerar sua carreira, mas no Inter D'Ale é Ídolo, venerado, idolatrado, amado e foi acolhido e respeitado por nossa torcida como tivesse sido criado desde pequeno no nosso clube. Só tenho mais uma coisa pra falar de Alan Ruiz vai se criar moleque e seja original não tenta copiar um mito, pois pra tua torcida que já teve como ídolo,viçosa, theco, gladiador e andré lima realmente eles podem te chamar de ídolo, mas já mais colocarem numa mesma frase Andrés Nicolas D'Alessandro e outra coisa se tu não sabe quem ele é vai no Google e coloca o nome do nosso maestro que na mesma hora tu larga o futebol de mão. D'Ale é Gênio, Mito, Maestro, Craque e Ídolo, Mago da Pelota . Já Alan Ruiz é apenas um aprendiz ! D'Ale sempre estaremos te apoiando.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Alan Ruiz, O coadjuvante medíocre. Por Max Peixoto



Alan Ruiz: O coadjuvante medíocre.


Em que ponto chega o sentimento mordido e ferido de ser o coadjuvante na esmagadora maioria das vezes?
Após o 4º o gol colorado em Caxias, o lateral Gilberto aplicou um “balãozinho” em seu adversário, de pronto, o capitão colorado deu uma dura no lateral colorado, exigindo seriedade e profissionalismo, porém acima de tudo respeito com os colegas de profissão.
Após o 4º gol tricolor, a comemoração feita em frente ao banco de reservas do Inter, mostrou aos 4 ventos, com muita clareza, a carência de humildade e o motivo da fase tenebrosa de falta de glórias que o time tricolor passa. Após 9 confrontos diretos, veio uma vitória com merecimento e afins, com o mesmo score já sofrido em uma final no mesmo ano, porém a soberba histórica, não poderia faltar.
As postagens em redes sociais, de mais um pseudocandidato a D’Alessandro tricolor (Já tiveram uns 9 candidatos desde 2008), é de uma falta de noção sem tamanho. A euforia com o resultado não poderia ser diferente, porém o modo que o reserva de posição do Ramiro, cria do Juventude de Caxias, expõe sua sina de figurante com 1 dia de protagonista chega à beira do ridículo.
Estimado Alan Ruiz, querido Júnior Viçosa contemporâneo, porque o rancor? Aproveite a fase. Não mexa com alguém que na sua faixa de idade já era medalhista de Ouro nas Olímpiadas, capitão de um dos maiores times da Argentina e 3 vezes campeão argentino.
Qual a moral que você tem em provocar seu rival direto, que possui 1 Copa Libertadores, 1 Copa Sulamericana, 1 Recopa Sulamericana, 1 Copa Suruga e 5 campeonatos estaduais, sendo dois contra tua instituição.
Teus 3 dias de fama estão acabando, a validade desses teus gols é só até o próximo grenal, onde a sina de coadjuvante de seu time voltará como sempre. Você nem sei se estará aqui, visto que não passa de uma moeda de troca que veio parar aqui na província.
Em menos de 1 ano de clube em grenais já acumula 2 derrotas , 1 empate e 1 vitória. Já tem 3 eliminações, 1 para o time que seu dono, outra para o time que te goleou na final e outra por RACISMO.
Nesse meio tempo se tornou reserva de um jogador vindo de um time de série D, muitas vezes não sendo nem relacionado para as partidas.

Alan Ruiz, obrigado por manter a escrita da soberba tricolor.

D’Alessandro, obrigado por ser vermelho. Por brigar, espernear e deixar a vida em campo. Isso dói neles. Isso machuca o sentimento “castelhano” que eles querem ter. Obrigado, Andrés, por representar de fato os loucos que seguem esse clube por onde ele vai e em qualquer situação. Teu cumprimento à torcida colorada domingo após o baile tricolor, causa náuseas neles, causa o mais profundo sentimento de agouro e inveja.



A 10 rubra causa sentimentos estranhos para eles, é a camisa a ser caçada, batida e superada. Quando conseguem, a mediocridade e falta de respeito vem à tona como sempre. Digno de time de divisão de acesso que são.
Se o grenal serve para arrumar a casa de quem ganha, também serve para evidenciar bem os ícones eternos deste clássico.
Pra ti Ruiz, falta muito. Por enquanto se encontra na mesma faixa de Júnio Viçosa.
 Aliás, por onde anda o homem grenal Viçosa?


Quem é Alan Nahuel Ruiz? Por FrancieLy Mota

Quem é Alan Nahuel Ruiz?Ah, o jogador varzeano que fez 02 gols no grenal 403...02 gols e acha que tem moral pra falar o quê? Chegou em janeiro ao Rio Grande do Sul, emprestado do San Lorenzo, gordo, foi direto para banco e tem 7 gols, ah 9 agora...O que são 02 gols frente há 13 anos sem vitórias e 2 anos sem ganhar grenais, Alan Ruiz? Calma, te ajudo: NADA!Então Alan Ruiz fique quietinho e comece observando um verdadeiro Capitão, Ídolo e ser humano como Andrés Nicolás D'Alessandro! E só depois que você tiver títulos, uma braçadeira e a preocupação com o time, e a torcida que você representa... Aí talvez possa falar alguma coisa!Ta achando ruim? Enquanto você com apenas 21 anos, começou a jogar em 2011, é banco de um time racista, bi-rebaixado entre outros feitos tricolores... O D’Alessandro é Capitão do Internacional de Porto Alegre, mais de 100 gols, tem 13 anos de carreira com os seguintes TÍTULOS: 

Campeão Argentino 2000, 2002, 2003 com o River Plate

 Campeão Mundial Sub-20 2001 com a Seleção Argentina 

Jogos Olímpicos 2004 com a Seleção Argentina 

Campeão da Copa Sul Americana em 2008 com o Inter

Campeão da Copa Suruga Bank em 2009 com o Inter

Campeão da Copa Libertadores 2010 com o Inter

Campeão da Recopa Sul Americana em 2011 com o Inter

Campeão Gaúcho 2009, 2011, 2012, 2013, 2014 com o Inter 

E você Alan Ruiz ganhou o quê?Nenhum título importante...E você Alan Ruiz tem algum prêmio? É, explico... prêmios individuais tipo: melhor jogador, bola de prata... Tem???Porque D’Alessandro tem!

Bola de Prata da Copa do Mundo da FIFA Sub-20: 2001

Seleção Ideal das Américas: 2001, 2002, 2008 e 2010

Melhor jogador das Américas: 2010

Bola de Bronze do Mundial de Clubes da FIFA: 2010

Troféu EFE do Campeonato Brasileiro: 2013 (prêmio que Messi e Cristiano Ronaldo já ganharamm... conhece estes jogadores? Ah já jogou com eles no play, entendo!)

E você Alan Ruiz tem sucesso e torcedores apoiando? Não. Talvez agora meia dúzia de tricolores que nem ir ao estádio vão e não sabem o valor de defender um manto sagrado. D’Alessandro tem uma família e uma torcida que o apoiam incondicionalmente, tem uma marca com seu nome, tem patrocínio de uma marca mundial importantíssima no futebol, tem amigos em diferentes times que o honram e confiam. D’Alessandro tem consciência que através do futebol pode ajudar muitas pessoas e o faz em silêncio muitas vezes. E agora com o Lance de Craque está colocando Porto Alegre e o Internacional no calendário mundial de jogos beneficentes. Vários jogadores e amigos foram convidados e já confirmaram presença, porque D’Alessandro é sinônimo de garra, competência, paixão e amor em tudo que faz. E você Alan Ruiz? Você é nada, não passa de um jogador medíocre que começou a carreira ontem e acha que pode usar as redes sociais para ofender os Colorados e o D’Alessandro? Não. Você tem muito que aprender e entender que entre 4 linhas também é necessário ter educação e respeito, além é claro de saber jogar. Ou acha que 2 gols vão fazer de você um jogador bom? Mas com o tempo e se você for inteligente o suficiente vai saber usar isso a seu favor. Por enquanto observe mais e fale menos, observe mais e jogue mais, talvez agora saia da reserva e ganhe um aumento... ops! O time que você joga não tem dinheiro e nem estádio, desculpe! Como diz uma amiga minha: “tu não serve pra limpar as chuteiras do D’Alessandro”.                        P.S.: Ah, só para lembrar... Meu Capitão com a tua idade já usava uma braçadeira e não era em timinho de segunda divisão!









segunda-feira, 10 de novembro de 2014

D'Ale, nas boas e nas más meu ídolo!


Gostaria muito de falar ao contrário mas...

Ok, fomos derrotados no GreNal, mas nada de fazer desse jogo o jogo do ano. Vamos passar por isso de cabeça erguida e apoiar o time nos últimos 5 jogos que faltam! O torcedor tem que entender que futebol se faz de derrotas , vitórias e empates, e no quesito "placar", estamos empatados! D'Ale se pronunciou essa tarde sobre o jogo de ontem, onde de novo as atitudes arrogantes e já conhecidas do adversário e rival o tiraram do sério. D'Ale não admite que humilhem a camisa que tanto honra!! 



Fonte: https://www.facebook.com/dalessandro10oficial/timeline

Olá galera... sei que tds estão mt chateados com o resultado de ontem mas estamos sofrendo tanto ou mais que vcs, pq representamos o clube, a torcida e sabemos o peso que tem a camisa do Inter...
O que aconteceu não foi normal mas o adversário teve méritos pra conseguir a vitória... temos que admitir e agora pensar na frente e continuar a luta por nosso objetivo !!
A dor é grande mas a gente sabe a força do grupo do Inter, a superação que já tivemos em outros momentos e eu confio em quem tá do meu lado pra essas 5 decisões que vamos ter... respeitamos mt tds adversários que enfrentamos ou que vamos enfrentar ainda mas daremos a vida nessa reta final... em cada treino e cada jogo... falo como capitão e pelo grupo pq sei do caráter de tds que estão cmg no Inter !!!
Que o torcedor nos ajude nesse momento, passando confiança e nos apoiando, principalmente qd jogamos na nossa casa !!!
Brigado pelo apoio e tds msgs !!!







sábado, 8 de novembro de 2014

GreNAL !!


Está chegando a hora! Mais um capítulo da história Gre-Nal está prestes a ser escrito. O Rio Grande do Sul vai parar quando Internacional e Grêmio entrarem em campo neste domingo (9/11), às 17h, na Arena. O comandante Abel Braga reuniu suas tropas para o último ensaio na manhã deste sábado e finalizou a preparação para o duelo, válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Agora, todo o foco será necessário e o seu apoio, torcedor colorado, será fundamental!

O clássico promete. Ambas as equipes vêm embaladas por vitórias na última rodada. O Colorado foi até a Vila Belmiro e conquistou um triunfo inédito, por 2 a 1, sobre o Santos. Já o rival, superou o Vitória por 1 a 0 no mesmo palco do jogo deste domingo. Em termos de tabela de classificação, o tradicional embate também é um confronto direto. No momento, o Inter é o terceiro colocado, com 56 pontos, dois a mais que o Grêmio, que aparece na sexta posição.
fonte: Sport Clube Internacional
Fotos: Alexandre Lops

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Blog e D'Ale, uma história pra contar...





Novembro chegou, quase final de temporada, e devido a correria que foi a ultima semana de outubro, não pude escrever sobre o aniversário do Blog. Não que isso não tivesse importância. Mas é tão importante que precisava de toda a calma para escrever e passar para nossos leitores o que isso significa para mim.
 Para nós, Kika, Pri, Carina e Zita.
Todos sabem de nossa admiração por D'Ale, isso é obvio. Como jogador, como pessoa, como cidadão, sabem que esse Blog foi criado para acompanhar sua carreira, sua vida, noticiando os fãs de suas façanhas em campo. E agora fora dele, já que nosso ídolo está cada vez mais envolvido com o dia a dia de nossa cidade, de nosso Estado, compartilhando de nossas ações sociais e criando novas ações, novos Projetos. 
Muitas pessoas não conheciam esse lado de D'Alessandro. Creio que não foram poucos os que ficaram admirados com tamanha emoção de D'Ale ao se referir aos pequeninos que o Lance de Craque ajudará.
Nós do Blog, as 4, temos a mesma atitude de, sempre sorrir ao falar sobre ele, afinal já nos deu tanta prova de carinho. Mas também temos a mesma pertinência ao defende-lo. Nós vislumbramos D'Alessandro a anos atrás, quando ele chegava ao INTER. Nós já sabíamos. Sempre estivemos ao seu lado, apoiando, criticando, quem sabe até ensinando e aprendendo...
O Blog amadureceu nesses 4 anos de vida, assim como D'Ale. Fomos aprendendo a lidar com as criticas, com as pessoas que não acreditavam em nós, que riam de nosso amor de fã (afinal já somos crescidinhas né?)
Mas tínhamos vários caminhos a seguir, e decidimos evoluir. Aprender, Acrescentar. E nosso ídolo foi junto. Cresceu, amadureceu, acrescentou, chegou até nós cheio de carinho e respeito. Confiança. Não podemos dizer que somos parceiros, mas podemos dizer que caminhamos juntos. Ele ao nosso lado com todo carinho, sorrisos e abraços, além de atitudes lindas e jogadas fantásticas e nós humildemente tentando no Blog acompanhar sua vida e deixar guardadas aqui as lembranças, os dias, as vitórias ,as derrotas, de uma pessoa que amamos sem ao menos saber porque. Simplesmente amamos. Ao contrário do que muitos pensam, amor sim, dedicado, respeitoso e com direito a sorrisos bobos nas vezes que o encontramos, com direito a querer abraços bem apertados, destes que só a sinceridade dos sentimentos consegue dar.
Fazem 3 anos que escrevo para o Blog, que foi idealizado pela Pri, 3 anos que demonstro aqui tudo que sinto por essa figura humana fantástica que é D'Alessandro. 3 anos que me vejo transformar em palavras o que se passa em meu coração. 3 anos de histórias lindas para contar... aqui no Blog me sinto parte de sua vida. Para uma fã, chegamos longe, e tão perto dele. 
Surpreendentemente D'Ale seguiu um caminho que muitos não ousariam seguir, de ídolo. Não é fácil, é arriscado, cheio de cobranças, e só os que tem a missão de evoluir conseguem percorrer e no decorrer da estrada conseguem sucesso. Merecimento. Meu D'Ale (como carinhosamente o chamo) merece.

Pedi a alguns amigos que falassem um pouco de D'Alessandro. 
É para  ti , D'Ale que deixo aqui registrados tantas palavras de carinho de amigos, jornalistas e da Nação Colorada que tanto te ama. Porque no nosso aniversário, o festejado não é o Blog e sim tu!

Zita




Cristiane Veiga, amiga e administradora do Blog.


Sou péssima para guardar datas, por mais importantes que elas sejam, mas sei que faz cerca de 1 ano e meio, que conheci o D'Ale pessoalmente. E sei que faz o mesmo tempo que iniciei a colaborar com o Blog! E o envolvimento foi aumentando... conhecê-lo e ter todo carinho reconhecido por ele, fez com que a responsabilidade em informar sobre ele, ficasse cada vez maior! E pode ter responsabilidade melhor do que informar aos que admiram meu ídolo da mesma maneira que eu?!
Ao Blog, devo meu eterno agradecimento pela oportunidade de aproximação do jogador que considero ser um dos maiores que já vestiu a camisa colorada, do melhor meia em atividade no Brasil, há 6 anos, do cara que me fez virar fã, sem perceber! D'Ale conquistou minha admiração, meu respeito, despertou minha capacidade de defender com unhas e dentes, alguém que não tem meu sangue, mas é como se fosse um irmão!
E é um prazer imenso fazer parte deste Blog e poder parabenizar pelo trabalho feito! Com toda responsabilidade, postura e amor, estamos conseguindo oferecer um espaço de confiança, atualização e também disponível para demonstração de carinho todos os fãs do D'Ale! Exatamente como a Pri sonhou ao idealizar este espaço! Formamos uma boa equipe e me orgulho de fazer parte desta equipe!
E PARABÉNS PARA NÓS!!!
Obrigada por tudo, D'Ale! Sempre estaremos ao teu lado, e sei que sabes que podes contar conosco em qualquer situação!



Tia Rô Funcionária do CT

Me sinto lisongeada ao prestar essa homenagem ao atleta D'Alessandro.Tenho o privilegio de falar de D'Ale, um profissional disciplinado, dedicado e amigo.Como um lider exemplar, ele é sempre o primeiro a chegar no CT, e tenho o prazer de recebe-lo todos os dias com uma xicara de café e seu biscoito favorito. Essa é nossa rotina, trabalhando,enfrentando campeonatos, treinos e viagens.Somos todos uma grande familia,com o mesmo objetivo: Vencer!


Cíntia Carvalho
Nutricionista -SCI

Ah falar do Dale e fácil! Um líder nato! O Dale no dia a dia é daqueles que agrega, que procura o melhor, que se preocupa com o todo! Bem isso acho q todos imaginam né! Como nutricionista, que tem o privilégio de trabalhar diariamente com ele, posso dizer q como atleta ele conhece bem o seu corpo e suas necessidades. Sabe se observar e quando nao sabe, tem humildade de perguntar e ouvir. Sim questiona a resposta, e ouve com atenção. É preciso sabedoria para convence -lo pois e muito perpiscaz, como todo grande líder! Nutricionalmente, talvez possa melhorar sim, mas com tudo que apresenta em campo, podemos deixar assim ne?!
Parabéns ao Blog que registra a história deste exemplo de ser humano que muito faz pelo esporte no Brasil!


Carina Regina,colaboradora do Blog



D'Ale um presente! Falar do D'Ale pra mim é muito emocionante, pois desde o dia que ele chegou,foi muita felicidade e ver ele vestindo nossa camisa Colorada foi uma realização. D'Ale é muito importante para nosso time e é uma satisfação ver toda a importância que ele tem ao time e também ao nosso RS com seus projetos sociais. O povo Colorado abraçou o D'Ale e ele nosso RS principalmente nossa Porto Alegre. Hoje o Inter vive o D'Ale e ele vive o Inter. Fico muito grata a Deus por ter colocado este gringo que eu tenho como ídolo na minha vida, pois com a chegada do D'Ale ganhei muitos amigos e principalmente amigas que tem da mesma paixão por ele. Hoje tenho a satisfação de escrever para o Blog Andrés D'Alessandro das amigas, Zita,Cris e Priscila que a 4 anos fazem este trabalho lindo, sobre tudo que se trata do nosso maestro, pois o Blog mostra a realidade do nosso capitão dentro e fora de campo, fazendo com que nossa torcida fique sempre por dentro dos assuntos dedicados ao D'Ale.Gostaria de agradecer as meninas por hoje fazer parte deste grupo. Pois escrever sobre o D'Ale é um presente, mais ainda quando se tem todo o carinho desde ídolo maravilhoso que desde o primeiro contato que tive com ele sempre foi um amor. Amo muito o D'Ale por tudo que ele representa pra mim. Obrigada por tudo maestro. 


Rodolfo Mielzarski, amigo de D'Alessandro.

Dos tempos de Argentina lá pelos anos 2000, observava atentamente os passos desta jóia, o toque refinado, a classe de um verdadeiro camisa 10 e a transpiração do sangue latino.Já sonhava com este "cara" por aqui, mas, como ser dono deste talento? O tempo e sorte nos ajudaram...Este "cara" tinha um carisma local muito grande, além disto já encantava seu país vizinho (Brasil), seu principal adversário dentro de campo. Agora, imaginem, nós Brasileiros, berço do futebol se encantar por um estrangeiro e argentino? SIM, a paixão ao futebol nos permite
isto, ser adorador de um exímio jogador de futebol.Ao longo do tempo nós torcedores recebemos o anúncio da chegada desta jóia ao futebol Gaúcho, alegria para uns, medo para outros...ou seja, a metade azul do Rio Grande do Sul.O tempo passou, os títulos vieram e o status de ídolo começou a ser desenhado. De que forma? Sua técnica, sua personalidade e sua liderança, esta, que ultrapassa as 4 linhas do campo, caráter e profissionalismo são as marcas registradas de D'Alessandro.Em suma, D'Alessandro virou ídolo, ídolo não somente de uma torcida, um ídolo NACIONAL, sua perna esquerda, sua mentalidade, seu caráter lhe dão esta condição. D'Alessandro virou uma marca do futebol, somos privilegiados em poder ver este ícone esbanjar, liderar e DESFILAR sua técnica por nosso território, garantindo ao NOSSO COLORADO o status que o clube carrega, muito bom saber que este amor é recíproco (clube-jogador), saber que você é o atleta estrangeiro com mais tempo no Brasil, entende-se que você é o Argentino mais Brasileiro de todos os tempos!Parabéns ao Blog por acompanhar a linha de tempo deste homem, um cidadão que além de ser uma pessoa normal, também é um grande jogador de futebol.Um grande abraço do seu fã e de toda NAÇÃO VERMELHA o verdadeiro clube do POVO DO RIO GRANDE DO SUL. 


Antônia Vasatas & Vitória Vasatas


É só emoção...são momentos que jamais se apagarão das nossas vidas . É uma vida toda de adoração.É um amor sem fim. É um ídolo sem explicação pela sua simplicidade, coerência, dignidade...pegue todos os adjetivos que engrandecem uma pessoa: você encontra um significado único: D'Alessandro Explicar essa emoção como? Não tem explicação...pois esse grande camisa 10 fez a diferença na saúde das minhas filhas Antônia e Vitória Gêmeas q juntas foram curada de uma doença chamada PLAGIOCEFALIA , e o carinho desse grande jogador e sua ajuda fez a diferença na vidinhas delas..PARABÉNS PARA ESSE BLOG PELOS 4 ANOS FALANDO DE UM GRANDE HOMEM. UM ANJO QUE FAZ A DIFERENÇA NESSE MUNDO


Alexandre Ernst 
Repórter da editoria de Esportes da ZH
Setorista do Inter

Quando escrevi minha primeira matéria sobre D'Alessandro, a Rosita me disse que consegui expressar tudo o que ela sente e que penso sobre o o camisa 10 do Inter. A partir daí, passei a ler o Blog desta torcedora, que defende com unhas e dentes o argentino, esteja ele certo ou quase certo (sim, porque para ela, o D'Alessandro nunca está errado). Em um segmento em que às vezes a insanidade toma conta e até a violência impera, é muito legal ver (e ler) textos apaixonados, sem segunda intenção ou agressão a quem quer que seja.
Ter um jogador como o D'Alessandro no Estado deve ser motivo de orgulho não apenas para colorados, mas também para gremistas.Que esse Blog siga com sucesso, Rosita. Por mais dois anos o D'Alessandro já se garantiu ao teu lado. 



Blog Bar Colorado


"Em 30 de julho de 2008, chegava ao Inter o argentino Andrés D’Alessandro.Passaram-se 6 anos. 6 anos intensos. 6 anos de carinho , títulos, polemicas, provocações ao rival e amor recíproco entre o gringo e a torcida colorada.D’Ale tem admiração não só de colorados com também de torcedores rivais.
Cabezon é craque dentro e fora de campo.
Priscila então, criou o Blog , agora tendo como administradoras Rosita , nossa amiga de longa data e Cris Veiga, ainda contando com Carina Regina como colaboradora.E la se vão quatro anos...Parabéns pelos 04 anos do Blog, e que venham muitos outros anos!Quatro anos com informações de qualidade sobre nosso ídolo Colorado.É uma honra enorme tê-lo como parceiro. Só temos a agradecer por tudo.Vida longa ao Blog Andrés D'Alessandro   

 Saudações Coloradas - BarColorado"




Chico Garcia Repórter, Apresentador e Coord.Esportes BANDTV-RS.



video





Cris Silva

Jornalista Grupo RBS - Embaixadora do Instituto do Câncer Infantil


Eu tenho uma coisa com nomes, vem da infância. Bato o olho numa pessoa e acho que ela tem cara de Paula, Mateus, Rodrigo ou Laura mas o nome verdadeiro não passa nem perto. Puro chute.

Essa mania fez com que eu procurasse com mais frequência o significado dos nomes. 
Funciona assim; olhei pra ti, te achei com cara de Rodrigo só que teu nome é Thiago, lá vou eu saber o quê "Thiago" significa.Coisa minha, bobagem.

Mas nessas, já identifiquei que algumas pessoas tem mesmo o nomes que merecem.

Como boa colorada há um bom tempo fui lá investigar o nome da fera: Andrés.

E não é que o guri tem tudo a ver com o nome que tem!

Andrés é uma variante húngara de André, até aí tudo bem, agora o significado - simplesmente perfeito - " ousadia, espírito competitivo, independência e força de vontade"..

Esse não é o D'Ale!? Claro que é!!!

É assim que todos nós colorados te enxergamos, é desse jeito que a gente quer ter ver em campo no domingo.
Foi desse jeito que tu nos conquistou.

Então, Andrés, nessa próxima batalha, teu nome vai ser entoado em campo rival... porque D'Alessadro também significa greNAL.


Pierre Castro, amigo do Blog e fã de D'Ale.




Não tenho o dom de escrever, mas como é sobre o D'Ale  vou tentar. O cara não é um ídolo, ele é "o ídolo". O maior que já vi jogar com a camisa vermelha. Me lembro como se fosse hoje o dia da chegada dele no Inter em 2008. Lá estava ele, dentro de um camarote, com uma jaqueta de couro,e o POvo vermelho enlouquecido na inferior cantando feliz, com a chegada dele. Começava ali uma linda e vitoriosa hostória com vários momentos inesquecíveis. Desses guardo 3 muito vivos na memória: O1º é ele tocando o bumbo da Popular na final da Libertadores de 2010. O 2º é ele louco, comemorando o gauchão 2011 na "casa deles". O 3º foi o dia que o Blog, me levou para conhece-lo pessoalmente. Obrigado Capitão por vestir e honrar a camisa do Inter. Que ainda possamos te ver por muito tempo jogando no Inter, nos presenteando com o teu futebol,com o "La Boba" e com o teu jeito único de correr dentro de campo. Um grande Abraço e obrigado por tudo Andrés Nicolás D'Alessandro



Marcinho Black. Grenalizando TV e Radio GreNal

E aí galera do Blog lhes desejo muitas felicidades e alegrias em sua trajetória. ! Olha falar sobre o D'Alessandro é muito fácil Não vi o Falcão, o Carpegiani e lembro vagamente do Ruben Paz. D'Alessandro pra mim é o melhor jogador tecnicamente que vi jogar com a camiseta colorada. Jogador de personalidade e de atitude. Já está eternizado na histórica do clube! Me consegue uma camiseta gringo!!!!


Malu Barbará, Presidente da Força Feminina Colorada – FFC


Falar sobre D’Alessandro não é tarefa das mais fáceis para qualquer colorado, sempre temos muitas histórias para contar sobre o nosso ídolo, aquele que decide jogos, que nos brinda com lances inteligentes, que comanda o time e alegra a torcida! Isso todos os colorados já sabem... Mas eu gostaria de falar de um cara que se engaja nas campanhas para ajudar as crianças, que atende os fãs com carinho, que demonstra afeto pelos amigos. A Rosita, ou simplesmente Zita, como a chamamos, faz parte da Força Feminina Colorada e foi a ela que recorremos quando, num sonho megalômano, resolvemos convidar o D’Ale para a festa de cinco anos de nossa torcida. Apesar de um compromisso no mesmo dia e da coincidência de horários, ele e sua esposa, a Erica, nos deram a honra de suas presenças! Para ele, não havia pressa: posou para fotos, deu autógrafos, discursou, se emocionou e nos emocionou...Muito obrigada, D’Ale, pelo jogador que tu és e pelo maravilhoso ser humano que temos oportunidade de conhecer! E há quatro anos, essas gurias maravilhosas nos ajudam a “conviver” com Andrés D’Alessandro. Através delas, sabemos mais da vida e da carreira do nosso D’Ale. Parabéns, meninas, recebam o nosso agradecimento por tornar mais íntima a nossa ligação com o ídolo!

Grande abraço e o desejo de que vocês nunca parem de fazer esse trabalho maravilhoso por todos nós!


 (@taxinight_inpoa)

D'Alessandro

O que falar sobre o atual capitão colorado? Ídolo. Craque. Gênio.Mais que um profissional componente do elenco vermelho, um colorado sanguíneo com sede de títulos e vitórias para o time que lhe acolheu, para a torcida que o venera. Um jogador fora de serie, bem como um ser humano fora de série. O maestro colorado que atua com garra dentro de campo, também se preocupa com o social, da cidade e do país que lhe acolheu, vide os eventos e colaborações com causas sociais as quais ele está sempre envolvido, seja por conta própria, seja através do Inter. O homem dos grenais. Que gosta do confronto local e disputa o mesmo como se fosse sempre uma final de campeonato. O atleta que respeita sua torcida, que atende com carinho seus fãs e faz questão de exaltar o clube que tão bem o recebeu e proporcionou alegrias. D'Alessandro é um mito e independente do que aconteça no futuro, seu nome estará gravado na história do Sport Club Internacional.
Parabéns Rosita, Priscila, Cristiane e Carina. Parabéns pelo aniversario do blog. Parabéns pela dedicação e competência com que administram e tratam esse nobre canal de comunicação de um dos maiores jogadores que já vestiu a camiseta do Inter. Vida longa ao Blog. Forte abraço.

Paulo Peres

PRESIDENTE DA TORCIDA SUPER FICO

Andrés D’Alessandro
Quando falo no maestro se torna fácil fazer referência de ambas às partes, se tratando de Inter e D’Alessandro, pois feliz é o Colorado que conhece a Era do nosso novo mito. Inteligente, sempre inteligente nas escolhas, pois quando chegou ao Inter, tinha propostas dos rivais.Tem técnica e é guerreiro, joga com raça. Não teme o adversário.Coordena a equipe, é uma referência como capitão.Incomoda aos demais, mas nunca abandonou nosso Inter.Atrás do gol ele festeja cada glória conquistada, pois leais são seus torcedores.Decidiu se aposentar aqui.Ama essa terra e aqui foi onde alcançou um dos seus sonhos, aLibertadores da América em 2010, onde colocou seu nome na história colorada. Então só foram mais lutas e mais glórias, sendo objetivo e estrategista, conquistou ainda a Sul Americana e a Recopa. Nessa longa trajetória de 6 anos de Internacional D’Alessando virou maestro, mito.Registrando assim a sua marca de “O novo ídolo da torcida colorada”!
Parabéns ao blog ”Andrés D’Alessandro” pelos 4 anos de dedicação e informações do nosso ídolo.
Texto de Michele Hertzog
Núcleo Feminino – Super Fico


Denize Tolardo, fã de D'Alessandro.

Falar do Blog é um prazer, pois ele nos proporciona saber mais sobre D'Alessandro, um ser humano maravilhoso e a cada dia que passa admiro mais., respeito por ele e por sua família. Só tenho a agradecer ao Blog e a ele que amo. Muito obrigada.


Tatiana Zart e Paulo Cetin



Marrento!
D'Ale, és o cara mais identificado com o torcedor, pois expressa em todos os movimentos e atitudes o Espirito que a torcida deseja e gostaria de fazer em campo. és nosso "game"
com emoção, sentimento e razão!