sexta-feira, 7 de outubro de 2016

D'Ale, Eu só queria segurar a sua mão... a História do Ivan!

Domingo antes do evento Lance de Craque nos chegou um pedido do amigo Wagner Jung do site, Se o Céu é Azul O Inferno é Meu Destino, para que conseguíssemos levar o Ivan, colorado, cadeirante, para ver o D'Alessandro. Após uma breve consulta aos organizadores, conseguimos os convites para ele e sua mãe. O que se sucedeu dali em diante, foi um misto de sentimentos difíceis de demonstrar. E tudo culminou na ida ao Beira Rio, onde ele repetia: "Nunca perdi! Nós vamos ganhar", entre sorrisos e um quase choro de felicidade e  eloquência ! Ganhamos! Todos saímos felizes, e com uma história linda para contar, a história do Ivan...



Desde pia fui colorado fanático e conheci o Gigante com 15 ou 16 anos, sempre apaixonado pelo Inter, nunca perdendo um jogo pela tv !
Só que um dia a vida parou, em apenas um minuto ela simplesmente parou em um grave acidente, onde fiquei 9 meses internado depois de uma lesão na coluna em que perdi os movimentos das pernas. E foi uma grande batalha dali pra frente, e digo a paixão pelo Inter sempre se manteve intacta, mesmo no quarto de hospital, a cada jogo, no grenal, era o único paciente doente e doido gritando a cada gol do Inter!
Depois de longo tempo de tratamento fui fazendo amizades pelas redes sociais com jornalistas, blogueiros entre outros que acompanhavam minha historia.
Num certo dia lembrei do Lance de Craque, jogo beneficente que o maior ídolo colorado D'Alessandro organizava  para entidades carentes.
Me veio a cabeça: que dia sera que vai acontecer ? Preciso saber, quero ver o D'Ale, de perto, era meu sonho tocar nele, nem queria tanto uma foto, mas sim toca-lo, sentir sua mão, sentir um abraço dele, queria que aquele momento não por segundos mas sim por horas, queria aproveitar o máximo ele, ver seu jeito, ver como era ele na vida real!  Era um dos maiores sonhos que tinha, por isso a foto, o registro, não era tão importante, e sim sentir ele perto e aproveitar cada segundo como se fosse o ultimo !
E por um ato de Deus, um amigo Blogueiro me disse: amigo vou tentar levar você ate ele! Fiquei por dias sem acreditar !
Mas sim, o que era um sonho virou realidade, logo comecei a chorar, não de tristeza, que por muito tempo vinha me assombrando, e sim de alegria, pois eu iria conhecer meu maior ídolo de perto .
Chegado o grande dia eu e minha mãe nos aprontamos pra ir até ele. Era um obsessão, era o coração batendo forte, era um momento muito aguardado !
Após chegar ao evento, onde ele iria participar, a ansiedade tomou conta e eu andava de um lado para o outro com minha cadeira, olhava para os vidros, olhava para rua, na expectativa de vê-lo chegar, e cada minuto que passava a ansiedade era maior !
Dali a pouco um cara magrinho com um tênis branco entrou  no evento, e era ele, D'Alessandro. Olhei e olhei por diversas vezes sem acreditar, naquele momento quem estava à minha volta desapareceu , parecia só eu e ele, pois estava deslumbrado, parecia não acreditar mas ali estava ele, aos poucos ele foi se aproximando e cumprimentando todos a minha volta, ate chegar em mim, foi onde a ficha caiu, ele me estendeu a mão e por alguns segundos segurei-a sem acreditar e pedi a ele: deixa eu ficar segurando alguns segundos a mais? ele com seu sotaque argentino e com grande carinho me respondeu "sim, sim", e eu perdi as palavras, aquele aperto de mão parecia não ser real, mas era !
Foram cerca de 2 horas com ele, meus olhos o perseguiam e eu cada vez mais admirado. Logo apos o termino do evento iriamos tirar fotos, eu era o primeiro  que estava ali com coração na boca esperando mais uma vez para poder toca-lo, era um sentimento vindo do fundo do peito sem explicação o que sentia naquele momento, tiramos as fotos e chegou a hora de partir pra casa ! Com um sentimento de sonho realizado !
No outro dia, pessoas conhecidas, agora amigos, me ligaram e disseram que o D'Ale havia me  convidado pra assistir ao jogo do Inter no camarote dele ! Eu sem palavras um pouco atrapalhado topei na hora, pois além de ter recebido um dos maiores presentes da minha vida ou se não o maior deles, de ter conhecido meu ídolo, teria mais um sonho a ser realizado conhecer o novo Beira Rio, que não conhecia ainda, após isso sentado na mesa ao meio dia de quarta feira olhando as fotos do Evento do Lance de Craque, comecei a chorar muito, chamei minha mãe e  pedi um abraço, ela sem saber o porquê do choro, me perguntava apavorada o que tinha acontecido, eu simplesmente estendi a mão e mostrei a foto minha e do D'Ale e disse a ela, depois de tanta coisa ruim q tivemos em nossas vidas eu tive uma gigante felicidade e naquele momento contei a ela do jogo ! "Eu sabia mãe, uma hora tudo ia melhorar!' Deus ia lembrar de min, e sim Deus sabia o que poderia me dar de presente pra me ver sorrir novamente, era ver meu ídolo de perto e ir ao Beira Rio que por longos  anos sonhava em ir.

Eu agradeço a Deus pois sem ele nada teria acontecido e agradeço demais por ter conhecido de perto meu grande ídolo e poder toca-lo e deixo aqui meu agradecimento a ele ! D'Ale eu  amo cada segundo que passei perto de ti, jamais serão esquecidos pois a cada vez que lembro daquele momento e fecho os olhos ainda parece que ainda sinto o toque de sua mão na minha , e o sentimento de felicidade! E isso não tem explicação ! Obrigado D'Ale!

                                                                                                               Ivan Vargas.

Nós do Blog agradecemos a Danuza Soldera, amiga do Bem, que buscou e levou Ivan e sua mãe em Gravatai. Agradeço ao Rodolfo Mielzasrky e a todos organizadores do Lance de Craque, e principalmente ao D'Alessandro. Realizar sonhos são para poucos. Obrigada por ser nosso ídolo!












5 comentários:

  1. Não sou cadeirante mais estou com 52 anos e talvez não tenha tempo de conhecer o Dalesandro esse é meu maior sonho,tenho uma mensagem gravada para as filhas que sou uma delas do Twitter mais ele não fala meu nome,daí ninguém acredita que sou eu,não presciso nem ficar no camarote quero um abraço e umas fotos com ele,num jogo que fui ele estava suspenso e a esposa tinha ganhado neném,se alguém puder me ajudar para ir no próximo lance de craque por favor realizem meu sonho aqui é a fiona da fronteira livramento Rivera !!!!por favor alguém me ajude !!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Muito bacana!! Parabéns aos envolvidos.

    ResponderExcluir