domingo, 29 de março de 2015

Apenas D'Alessandro. Por Rosita Buffi


video



Nem menos, nem mais apenas D'Alessandro, sendo D'Alessandro.

Tenho essa mania de após os jogos, dar um search no nome do D'Ale, ate para ver o q falam e comentam dele. Qual foi a minha surpresa ontem ao ver vários comentários sobre o gesto de deixar a braçadeira com Alex sendo um suposto "golpe de marketing". Muitos não conhecem o D'Ale pessoa, por isso não julgo ninguém q vê só o jogador, o marketeiro, enfim, para muitos só interessa mesmo os dribles, assistências e gol. O resto q se f*. Uma maquina. Um ser sem coração, movido a dinheiro. Mas para a grande maioria q conheço, saber q aquele gesto foi de coração, verdadeiro e sem nenhuma segunda intenção não foi novidade. Já escutei dele próprio," sou pelo grupo", "não aceito vaias ao grupo durante o jogo" . Aquele gesto vai além do fato dele não aceitar no, momento, ser o Capitão. Ele nos mostra a união, a amizade. O carinho e o respeito. Tanto se fala de D'Alessandro problema em vestiário... Procurem se informar. D'Ale briga sim, mas com o cara q chega atrasado, falta ao treino e aos seus compromissos como profissional. O grupo o escolheu para isso. Ponto. Ele desempenha sua função.
Não estou aqui para tentar persuadir quem pensa o contrário, estou apenas dando minha opinião. Afinal sou um prova viva desse coração. D'Ale não só é essa figura que homenageia um companheiro cm a braçadeira, (assim o fez cm Índio contra o Peñarol, lembram?) ele faz isso no seu dia a dia, pequenos gestos, lembra do nome, lembra do que ganhou, lembra do abraço, ele lembra, ele guarda, no seu coração. 
Ele lembra que um dia eu ficava nas redes sociais idolatrando ele com vergonha de o conhecer pessoalmente. E hoje não me arrependo de nada do que fiz, pois tudo me levou a conhecer mais profundamente a pessoa que é D'Alessandro. Conhecer um pouco mais o ser humano.
 Talvez o defenda demais, talvez exagere, mas para mim ele é família. Me dói ver alguem difama-lo, dói mesmo. Fico chateada, triste, e se as vezes pego pesado nas respostas, é porque é somente em defesa de alguem que amo. 
Porque conhece-lo só me fez amar ainda mais. Vi que por trás daquele gigante em campo, tem um coração de ouro. E vos digo, nem ele sabe o tamanho de sua grandeza. D'Ale tem uma missão, que não é futebol, e muito maior que isso. É muito maior que qualquer um possa pensar e do tamanho exato de sua bondade.
Rosita Buffi

0 comentários:

Postar um comentário